Extra: Pistolando com Fumaça – Geringonça, Um Experimento Português

Extra: Pistolando com Fumaça – Geringonça, Um Experimento Português

Tempo de leitura: 2 minutos

Impossível você não querer saber o que é uma coisa com esse nome. Acredite, é MUITO mais interessante do que parece – trata-se do apelido dado ao governo que assumiu Portugal em 2014, numa coalizão inédita de partidos de esquerda. Como funciona esse negócio? Algo semelhante seria possível no Brasil? Conversamos com o Pedro Miguel Santos, do podcast Fumaça, porque somos internacionais, bêibi.

Ficha técnica

 

Host: Thiago Corrêa

Convidado: Pedro Santos

Edição: Thiago Corrêa

Capa: Leticia Dáquer

Data da gravação: 12/10/2018

Data da publicação: 17/10/2018 

 

Músicas:

  • Ricardo Teté – Geringonça
  • Proveta e Penezzi – Jeringonça
  • Elza Soares – Jiringonça
  • MC Linn da Quebrada – Bixa Preta
  • Lotus Fever – Together

 

Links mencionados no episódio

Uma breve explicação do que é a Geringonça, no Medium

 

Esquerda portuguesa encontra a fórmula do sucesso econômico (El País, 01/04/2018)

 

A esquerda de Portugal forja um Governo para combater a austeridade (El País, 22/10/2015)

 

A “geringonça” “é como os iogurtes: tem um prazo de validade” (Público, 22/05/2018)

 

A “geringonça” portuguesa pode ser a “quarta via” do socialismo europeu? (Público, 11/05/2017)

 

“Quem sabe se teremos uma ‘geringonça’ brasileira?” (Público, 13/04/2018)

 

A ditadura portuguesa e sua polícia política (Público, 29/10/2012)

 

Vítimas de Salazar, Estado Novo e violência política (Livro de João Madeira, Irene Flunser Pimentel e Luiz Farinha, 2007)

 

Jabás

Pedro Santos

https://fumaca.pt/

Facebook

Twitter

 

Thiago Corrêa

Twitter: @thiago_czz

 

A Balada do Pistoleiro

 

Pedro Santos

 

Bons trabalhos jornalísticos feitos em Portugal:

Shifter

Comunidade Cultura e Arte

Divergente

Jornal Mapa

Rádio Afrolis Podcast

 

Musicais:

MC Lin da Quebrada

Lotus Fever

 


#MULHERESPODCASTERS

Mulheres Podcasters é uma ação de iniciativa do Programa Ponto G, desenvolvida para divulgar o trabalho de mulheres na mídia podcast e mostrar para todo ouvinte que sempre existiram mulheres na comunidade de podcasts Brasil.

 

O Pistolando apoia essa iniciativa.

 

Apoie você também: compartilhe este programa com a hashtag #mulherespodcasters e nos ajude a promover a igualdade de gênero dentro da podosfera.

 

Links do Pistolando:

www.pistolando.com

contato@pistolando.com

Twitter: @PistolandoPod

Instagram: @PistolandoPod

 

One comment on “Extra: Pistolando com Fumaça – Geringonça, Um Experimento Português

  1. Que descoberta fabulosa ! O Pedro Santos deu um panorama que eu não conhecia e fiquei bastante interessado, mesmo o sotaque sendo bastante complicado para mim, um velho argentino em terras brasileiras.

    Só porque ando bastante desilusionado (DESCULPA) acho difícil, beeeem difícil, uma gerigonça aqui no Brasil, pelo menos no curto-médio prazo.

    Vamos ser sinceros: se o seu Andrade ganhasse, teriamos o inferno de Dilma -as casas do congresso contra, empresários contra, população contra, levantes neonazistas gritando ‘fraude nas urnas’, e etc…

    Se o Bozo ganhar não preciso descrever esse inferno, primeiro porque já passamos por aqui-ou nossos avós, para ser mais exato. Nas palavras dele, o ideal era o brasil dos anos 50: anos de chumbo, corrupção de estado por baixo dos panos, racismo institucional, ‘lgbt?, o que é isso?’, ‘pautas sociais? vitimismo’ e por aí vai…

    A esquerda precisa se reinventar, e é um bom modelo para seguir, isso sim. Mas com as atuais lideranças, não estou confiante.

    Mudando de assunto, queria trazer algo bom/ruim para vocês: o podcast Apenã da querida Ana Rosa trouxe no seu último capítulo uma denúncia que é importante, a seguir:

    https://soundcloud.com/apenan/apena-027-impactos-da-mineracao-xikrin-do-katete

    Digo que é bom/ruim, porque o podcast Apenã é excelente mais do que bom, mas ruim pela notícia das evidências de contaminação que as comunidades indígenas sofrem.

    Adoraria se pudessem divulgar em futuros episódios, ouçam lá e tomara vocês fiquem muito pistolas, do jeito que eu gosto (riso nervoso).

    Abraços e ‘la resistencia existe, carajo!’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *