política

Pistolando #017 – Firehosing

Tempo de leitura: 2 minutos

O que diabos é isso? Isso, amigues, é o que vem ditando a política mundial nos últimos tempos. A culpa de termos Trump e do Bozo onde estão é, em parte, desse negócio aí. Quer entender de onde veio e como combater esse troço? Ouve o papo com Marcos Marinho, do podcast República Cast, e Sandro Fernandes, do podcast Café com Kremlin.
Read More

Pistolando #014 – Eleições muito loucas com uma turminha do barulho

Tempo de leitura: 2 minutos

Nem adianta dizer que você entende o que aconteceu esse ano, porque ninguém vai acreditar. A gente que mora aqui não entendeu, a OEA não entendeu, os observadores internacionais estão mais perdidos que a Nazaré Tedesco calculando. O que aconteceu? Como chegamos nesse ponto? Qual o papel da Justiça Eleitoral nesse furdúncio todo, principalmente no período entre as eleições? Qual a relação entre os Três Poderes no funcionamento do Estado? O TSE é um quarto poder, sendo que é o único que não tem seus membros eleitos pelo povo? O TSE levou um baile das fake news nessas eleições e foi vítima delas também. Qual é o saldo que o órgão faz de si próprio com relação a esse tema? O que o TSE pensa em questão de aprendizado com relação às próximas eleições? Conversamos novamente com Luís Fernando Schauren, do TRE-RS, e também com o estreante Rafael Morgental, que tá por dentro dos babados todos.

Read More

Extra: Pistolando com Fumaça – Geringonça, Um Experimento Português

Tempo de leitura: 2 minutos

Impossível você não querer saber o que é uma coisa com esse nome. Acredite, é MUITO mais interessante do que parece – trata-se do apelido dado ao governo que assumiu Portugal em 2014, numa coalizão inédita de partidos de esquerda. Como funciona esse negócio? Algo semelhante seria possível no Brasil? Conversamos com o Pedro Miguel Santos, do podcast Fumaça, porque somos internacionais, bêibi.

Read More

Pistolando #001 – Futebol sem Futebol

Tempo de leitura: 2 minutos

A política nacional tá pegando fogo, teremos eleições (ou não) em outubro, greve de caminhoneiros, Lula preso. O resto do mundo também não tá lá essas coisas – Itália desgovernada, crise de imigração na Europa, Trump fazendo trumpices, a Rússia sendo muito russa sempre. E a gente fica como? Toda desconcertada. Nessas horas uma Copa do Mundo vem bem a calhar pra distrair as massas, e a recorrente discussão sobre o uso de entretenimento pra fazer o povão esquecer as mazelas paira novamente sobre as nossas cabeças. É isso mesmo? Povo distraído = povo fodido, porém sorridente? Futebol ainda é capaz de distrair as massas ou tá na hora de umas sacudidas pra voltar a atrair o interesse do público? O que acontece no futebol fica no futebol ou se aplica a outros contextos também? Conversamos com Henrique Pinheiro, do podcast Decadentes.

Read More